GREVE DOS CAMINHONEIROS: UM ANO E POUCOS AVANÇOS

Provando que não está satisfeita com as conquistas de até agora, a classe já se mobilização para uma nova paralisação. A greve pode iniciar no país em 11 de março e os caminhoneiros já realizaram uma lista de pedidos, mas desta vez, evitando bater de frente com a presidente:

– Redução do óleo diesel em 40%;
– Aposentadoria para motorista com 25 anos de trabalho;
– Criação da Justiça do Transporte;
– Piso salarial nacional para empregados;

Para que a nova mobilização tenha bastante efeito e reúna o máximo de caminhoneiros, a classe se organiza através das redes sociais.

MERCADO – VOLVO TEVE QUEDA DE 64% NA VENDA DE CAMINHÕES EM 2015

Morassutti afirmou ainda que a montadora sueca tem tido bom desempenho em outros países da América do Sul, citando o Peru, a Colômbia e o Chile. “E temos vistos bons sinais de recuperação na Argentina”, disse, em referência à gestão do novo presidente argentino, Mauricio Macri, que assumiu o cargo em dezembro do ano passado.

LOGÍSTICA – Hidrovia Tietê-Paraná será reaberta após dois anos fechada pela seca

A Marinha do Brasil decidiu desinterditar a hidrovia Tietê-Paraná após a divulgação do nível no reservatório de Três Irmãos feita pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) e o Departamento Hidroviário de São Paulo. Na última semana, o nível no reservatório atingiu 326,40 m acima do nível mínimo necessário para a retomada da navegação, que é de 325,40 m. Já o calado (profundida segura) mínimo para a navegação deve ser de 2,70 m