MERCADO – TRANSPORTADORAS TÊM GASTOS MAIORES E CONTRATAM MENOS EM ARARAQUARA, SP

No ano de 2014, faltavam motoristas para preencher as vagas. “A gente tinha um custo de 35% diesel mais pedágio. Há dois anos. Hoje esse custo é de 60%, 65%”, explicou o presidente. Na transportadora de Claudio José Caride, o pátio costumava ficar vazio, mas agora está repleto de caminhões parados. A empresa fazia mais de 200 viagens semanais, mas agora faz cerca de 100 por conta da crise e o aumento no preço do pedágio. Apesar dos custos maiores, não é possível repassar o valor para o frete. “A cobrança do eixo suspenso foi o fim do transporte rodoviário.

MERCADO – BOLHA RODOVIÁRIA: EXCESSO DE CAMINHÕES PRESSIONA VALOR DO FRETE E AGRAVA ENDIVIDAMENTO

Sem dívida alguma, tem que tirar a pressão sobre o transportador. Mas é preciso atacar a questão da bolha, por exemplo, fazendo o que o governo federal não fez lá atrás, que é uma política de renovação da frota, com a retirada dos veículos muito antigos de circulação e a reciclagem desse material. A estimativa é que existam até 150 mil caminhões com mais de 25 anos ainda sendo utilizados. E isso deve ocorrer sem aumento da frota.

MERCADO – ANFAVEA PREVÊ QUEDA DE 34,3% NA VENDA DE CAMINHÕES EM 2015

De acordo com Moraes, as previsões levam em conta o cenário de ajuste econômico pelo qual passa o Brasil, que gera baixa confiança de consumidores e investidores, e de juros e condições de financiamento por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) piores do que antes. A projeção, porém, não considera as vendas de pesados para o governo, que, segundo o executivo, somaram cerca de 10 mil unidades em 2014.

CAMINHÕES COM SOJA E MILHO LIDERAM ACIDENTES NAS ESTRADAS

São cerca de 100 mil acidentes com caminhões por ano e a impressionante estatística de quase 11 motoristas de caminhão mortos por dia.

Os dados da Pancary apontam que o alto índice de acidentes no transporte de grãos é puxado pela contratação de motoristas autônomos, responsáveis por transportar cerca de 80% desse tipo de carga. Esses motoristas ganham por cada jornada.

Grande incêndio atinge tanques na área industrial da Alemoa, em Santos

De acordo com informações do coordenador da Defesa Civil, Daniel Onias, em razão do incêndio, a qualidade do ar no local está sendo monitorada em conjunto por equipes da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), Secretaria de Meio Ambiente de Santos e Defesa Civil do Estado de São Paulo. Formada por álcool, gasolina e diesel, a fumaça, neste momento, não é considerada tóxica.