AGRALE ANUNCIA NOVA FÁBRICA DE VEÍCULOS NA ARGENTINA

Governo argentino concede regime de “Terminal Automotriz” à empresa brasileira

A fabricante nacional de caminhões e chassis Agrale anunciou investimentos de US$ 10 milhões para a instalação de uma nova unidade produtiva na Argentina e ampliação de sua operação naquele país. Em solenidade realizada no último dia 12 de dezembro, em Buenos Aires, a nova presidente da Argentina, Cristina Fernández Kirchner, assinou um decreto presidencial que permite que a Agrale Argentina S.A., subsidiária da empresa brasileira, obtenha status de terminal automotivo.

Recentemente, a empresa adquiriu área de 200.000 m² na cidade de Mercedes, a 90 quilômetros de Buenos Aires, com fábrica de 11 mil m² e prevê iniciar, até junho de 2008, a montagem de caminhões e chassis. A nova unidade fabril terá capacidade inicial para a produção de 1.000 unidades/ano e, além de atender o mercado local, deverá ser a base exportadora para os mercados da região.

“Pretendemos iniciar a montagem de veículos até junho do ano que vem e produzir inicialmente entre 70 e 100 unidades por mês. A unidade já iniciará suas atividades incorporando diversos componentes fornecidos por produtores locais e, gradativamente, vai aumentar este conteúdo”, declarou Hugo Zattera, presidente da Agrale S.A..

A instalação da nova fábrica deverá criar mais de 500 novos empregos entre diretos na fábrica e indiretos na cadeia de fornecedores e, principalmente, nos encarroçadores e distribuidores. Os produtos Agrale estão presentes no mercado argentino há 34 anos. Já a Agrale Agentina S.A. foi criada em 2005 e é responsável direta pela comercialização e distribuição da linha de produtos importados do Brasil, composta de veículos, tratores e motores, por meio de uma rede própria de distribuição com cobertura de venda e pós-venda em todo o território. Hoje, detém 6,0% do mercado argentino de caminhões leves, 15% de chassis leves e 26% de chassis médios.

“O fato de a Agrale instalar-se com atividade produtiva própria na Argentina certamente dará mais confiança ao consumidor e temos expectativas de um forte incremento nas vendas para o próximo ano. O resultado de 2007 superou em 30% o obtido em 2006”, disse Flávio Crosa, diretor de Vendas e Marketing.

Além da nova unidade na Argentina, a montadora brasileira possui uma unidade em Bogotá, na Colômbia, onde é feita a montagem de chassis para microônibus, em parceria com o distribuidor Agrale local, desde 2002. A Agrale deverá fechar o ano com faturamento superior a R$ 500 milhões, um crescimento de 20% em relação a 2006.

Fonte : Secco Consultoria

Gostou? Indique:

Comente

Comentários

Powered by Facebook Comments