Cronotacógrafo: entidades solicitam alteração do calendário

Fonte: Fetcesp
22/03/2011

A legislação de aferição do cronotacógrafo tem causado transtornos ao transporte de cargas.
Por isso, a Fetcesp, NTC&Logística, a Associação Brasileira de Transporte e Logística de Produtos Perigosos (ABTLP) e a União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam) encaminharam proposta ao Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) para revisão da Portaria nº 462/10.

As entidades solicitam alterar o cronograma de aferição e considerar o ano de fabricação dos caminhões.
Segundo a proposta das entidades, neste ano seriam aferidos os equipamentos dos caminhões fabricados a partir de 1º de janeiro de 1991.
Os demais passariam por inspeção em 2012 e 2013. Nos dois casos haveria escalonamento por final de placa.

A assessora da Fetcesp, Sandra Caravieri, explica que as entidades querem evitar congestionamento nos postos de aferição neste ano e a ociosidade nos próximos dois anos. “Outro ponto que motivou a proposta foi a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nº 14/1998, que tornou o instrumento obrigatório desde 1º de janeiro de 1991 e deu tratamento diferenciado aos demais veículos”, comenta a assessora.

As entidades de classe também solicitam a revisão dos preços praticados pelo Inmetro e destacam a necessidade de aumentar o número de postos de aferição (ensaio).

No documento entregue ao Inmetro, as entidades sindicais tratam de outras questões, como a necessidade de flexibilidade para os casos de manutenção dos caminhões, com quebra do lacre de aferição. “A atual legislação, ao prever nova aferição, obriga a empresa a efetuar novo pagamento”, explica Sandra.

A proposta também busca soluções para a inspeção dos veículos e equipamentos utilizados no transporte de produtos perigosos a granel que são obrigados a fazer a inspeção veicular em três locais diferentes.

PRAZO PARA AFERIÇÃO DO CRONOTACÓGRAFO:

PLACA MÊS
0 dezembro/10
1 janeiro/11
2 fevereiro/11
3 março/11
4 abril/11
5 maio/11
6 junho/11
7 julho/11
8 agosto/11
9 setembro/11

 

 

Gostou? Indique:

Comente

Comentários

Powered by Facebook Comments

One Reply to “Cronotacógrafo: entidades solicitam alteração do calendário”

  1. A questão de aferir o tacografo não e pelo ano,pois digo com autonomia que veículos zero km,saem com aferição errada e com aqgulhas desrreguladas.Procure um posto de aferição e tirem as duvidas se não procede.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.